RE(encontros e invenções) no Espaço 28

0 Posted by - 23/04/2017 - #2, ano 4, julia teles

  • Desde começo de abril (de 2017) começou um projeto que nós, do NME, idealizamos com os parceiros 28 Patas Furiosas. O nome é [RE]INVENÇÕES, e será mais do que tudo uma reflexão sobre nossas práticas artísticas e o compartilhamento de um espaço (o Espaço 28, na Vila Clementino, São Paulo) para experimentar outras possibilidades de produção.

     

    Algumas questões que nos levam a fazer esse projeto são inclusive questões sobre as quais já refletimos aqui na linda, e que provavelmente continuaremos: Como é possível tornar a criação “sustentável”? O que é preciso para criar e gerir um espaço cultural em tempos de cortes no orçamento da cultura e demais adversidades? Como continuar criando e compartilhar o fazer artístico com pessoas de outras áreas de atuação? Qual a importância de abrir os nossos próprios processos, ensinar, ouvir, por meio das oficinas práticas? Como podem funcionar as parcerias?

    Além do mais, nos parece uma ótima oportunidade para desmistificar a música experimental, essa ideia de que ela é difícil ou para poucos, e acessar outros públicos que não acessaríamos normalmente em eventos “só” do NME.

    Acreditamos que, por esses e outros motivos, esse espaço tem tudo para ser próspero e trazer muitos frutos. Estaremos abertos para trocas e a ideia é que os eventos se desdobrem também em textos aqui – tanto de nossa parte, quanto da parte de outros participantes, dos outros coletivos.

    Além do NME e do 28 Patas Furiosas, o projeto conta com ações e oficinas do Formigueiro , instalações do NuDEs realizadas em uma espécie de residência artística no espaço, um debate com Marcus Bastos sobre arte e tecnologia e uma residência dos artistas Mariana Senne e Jan Brokoff. O NME participa com 4 oficinas práticas de criação sonora, ministradas por nós, que temos tocado o barco do NME e da linda no último ano: Alessa Camarinha, Felipe Merker Castellani, Flora Hoderbaum Gustavo Branco e Julia Teles. Além disso, realizaremos três concertos, envolvendo audiovisual, performance, poesia sonora, e com participações especiais do projeto Dissonantes e do Festival En Tiempo Real, da Colômbia. Já o 28 Patas Furiosas apresenta uma temporada de lenz, um outro, primeiro espetáculo do grupo, além de também oferecer oficinas.

    Acompanhe a programação na página do Espaço 28 no facebook , no site do 28 Patas Furiosas e na página do NME. O projeto está sendo viabilizado pelo edital ProAc Território das Artes, e o acesso a todas atividades é gratuito.

     

     

    Julia Teles

     

     

     

    Continue lendo!

    No comments

    Leave a reply

    Full Screen Popup Powered By : XYZScripts.com