Outro nicho binaural

1 Posted by - 12/09/2016 - #7, ano 3, julia teles

  • “Imagine, se puder, ligar seu cérebro em uma faixa de áudio especialmente masterizada contendo uma poderosa – mas completamente segura – tecnologia de áudio que te lança em uma incrível experiência de foco, alerta e meditação profunda tão poderosa…. Que imediatamente começa a criar mudanças profundas e positivas na estrutura do seu sistema nervoso – e na sua vida!”*

    Esse é o tal do Holosync. Me deparei com ele na internet uma madrugada dessas. Meio insone, meio gripada, resolvi ouvir um pouco. Deixo aqui alguns dos resultados dessa pesquisa.

    A instrução é simples. Só ouvir. Alguns chamam de Instant Meditation (meditação instantânea). Já acho curioso essa palavra nesse contexto, parece que não depende muito do ouvinte, como se a música tivesse esse poder por si só. E pelo que vi no site, parece que é o que acreditam mesmo, que há uma ciência que determina qual som causa tal efeito. É a tecnologia e ciência do áudio e da acústica, causando efeitos psicológicos nunca tão rapidamente trabalhados!

    Primeiro, achei muito curioso estabelecerem frequências específicas para ativar e equilibrar partes específicas do corpo.

    Como por exemplo o 528 Hz ativando o terceiro olho:

    E o 936Hz, ativando a glândula pineal:

    Fico me perguntando como alguém chegou nessas frequências, especificamente. Será que é pelo “tamanho” das glândulas? Se sim, esse tamanho não varia, de pessoa pra pessoa?

    Existem também alguns videos, longuíssimos, para serem ouvidos enquanto se dorme. Alguns, de 8 horas, que são para estimular os sonhos lúcidos. Inclusive, dá pra estimular sonhos lúcidos eróticos!

    (Não achei essa música nem um pouco erótica. A propósito, que desconfortável dormir de fone de ouvido…)

    E tem também uma categoria chamada Binaural Beats, em que cada ouvido recebe uma frequência, e entre elas, há um batimento. A frequência resultante determina o que está sendo trabalhado dentro do cérebro.

    Esse video aqui “guia” o ouvinte e vai explicando o que cada frequência altera.

    E eu pensando que os batimentos que eu gerei aí pelo mundo eram inofensivos…

    Pros mais apressados, tem esse de alinhar os chacras em apenas 7 minutos (!):

    Para mim, esse é um jeito meio futurista de se pensar a música e a tecnologia, estimulando nosso cérebro para que ele alcance um equilíbrio. Um jeito que, apesar de os vídeos terem muitas horas de duração, promete um efeito imediato. Você ouve a faixa e pronto. Os resultados prometidos são vários. Parece ser um modo utilitário de usar o som terapeuticamente, e talvez essa seja a maior diferença em relação à musicoterapia – que, na verdade, conheço pouco, mas parece ser um trabalho realizado mais a longo prazo do que “instantaneamente”.

    Bem, aos que curtem, ficam aí os links! Em mim, o único efeito foi um pouco de sono, talvez a gripe tenha impedido a mágica de acontecer no meu cérebro.

    O Luis Felipe Labaki já falou sobre algo parecido nesse artigo aqui.

    *Imagine, if you will, plugging your brain into a specially mastered audio track containing a powerful—but absolutely safe—audio technology that launches you into an incredible experience of focus, alertness, and deep meditation so powerful…   …that it immediately begins to create profound, positive changes in the structure of your nervous system—and your life! (http://www.centerpointe.com/)

    Julia Teles

    Continue lendo!

    No comments

    Leave a reply

    Full Screen Popup Powered By : XYZScripts.com