Março e as Compositoras

2 Posted by - 30/03/2015 - #3, ano 2, julia teles

  • Na semana do dia 8 de março, o Dia Internacional da Mulher, li diversos textos e comentários sobre feminismo e mulheres entrando no mercado de trabalho em profissões estereotipadas como masculinas.

    No início do ano a Björk, em entrevista para a Pitchfork, falou sobre o descrédito das mulheres como produtoras, além de comentar sobre um conselho que deu a Missy Elliott uma vez: Tire uma foto na frente de uma mesa de som em um estúdio, e as pessoas dirão “Ok, ok! Uma mulher com uma equipamento, assim como um homem com uma guitarra”*. Esse outro texto complementa bem a fala da compositora, cantora e produtora.

    O female:pressure, plataforma de registro de compositoras de música eletrônica, DJs, produtoras, também a partir de Björk, criou um tumblr com fotos de diversas produtoras e compositoras e seus equipamentos de trabalho. E criou esse blog para postar estatísticas relacionadas a isso, a representatividade feminina nos festivais de músicas, gravadoras, etc.

    A revista Fader entrevistou 13 produtoras, com uma única pergunta: Por que mais mulheres não estão se tornando produtoras musicais? As respostas são bem diversas e mostram uma variedade de possíveis motivos e modos de encarar e transpor algumas dessas barreiras impostas.

    Já a Radio 3 da BBC divulgou um programa de rádio que está sendo realizado com compositoras jovens em uma série “Five under 35” (Cinco abaixo de 35), e postou um texto super interessante sobre o assunto, dando um breve histórico da participação das mulheres na composição musical e as principais causas de conhecermos poucas compositoras, embora existam muitas. E apresenta soluções. A principal é que escutemos a música delas.

     

    Por causa de tudo isso que mencionei acima, decidi juntar aqui algumas informações sobre as compositoras que eu conheço e recomendo, sejam elas de música instrumental ou eletroacústica, que acho que devem ser ouvidas. Brasileiras. Atuais.

    Valéria Bonafé, de São Paulo

    http://www.valeriabonafe.com/

    Lílian Campesato, de São Paulo

    http://liliancampesato.tumblr.com/

    Tatiana Catanzaro, de São Paulo

    http://tatianacatanzaro.net/

    Lilian Nakahodo (também colunista da linda), de Curitiba

    https://soundcloud.com/lilian-nakahodo

    Alessa (também colunista da linda e integrante do NME), de São Paulo

    http://alessamusic.com/

    Marcela Lucatelli, de São Paulo

    http://marcelalucatelli.co/

    Flora Holderbaum, de Florianópolis (mas mudando-se para São Paulo)

    https://soundcloud.com/flora-holderbaum

    Aline Vieira, do Selo Meia-Vida, de Curitiba

    https://meiavida.bandcamp.com/album/excria-reverbera

    Viviane Barbosa, de São Paulo

    https://soundcloud.com/viviane-barbosa-2

     

    Em meu primeiro texto para a linda, um ano atrás, eu falei da minha experiência na composição (Onde estão elas, as compositoras?).

    Daniel Puig já entrevistou Denise Garcia e Vânia Dantas Leite para a linda.

    Se quiserem deixar o nome e link de outras compositoras nos comentários, será de grande utilidade. Vamos ouvi-las!

     

    * Tradução livre do inglês. Just photograph yourself in front of the mixing desk in the studio, and people will go, “Oh, OK! A woman with a tool, like a man with a guitar.”

    Foto de capa: Laurie Spiegel nos anos 70

     

    Julia Teles

    Continue lendo!

    3 Comments

  • Lucas 07/04/2015 - 12:23 Reply

    Thais Montanari.

  • Luciane Cardassi 16/05/2015 - 00:38 Reply

    Lourdes Saraiva, gaúcha, mora em Floripa.

    https://soundcloud.com/luciane-cardassi/poema-m-stico

  • Leave a reply

    Full Screen Popup Powered By : XYZScripts.com