#17, 4 de agosto

by

  • #17

    Essa semana, o NME volta às suas origens: temos concerto! Faremos o lançamento do CD NMEchá#3 na CPFL Cultura, em Campinas. Será nesse sábado, dia 9, às 8h, e a entrada é gratuita! Será um concerto lindo, com degustação de 8 chás diferentes, e músicas de: Tiago Gati, Bruno Fabbrini, Ale Fenerich, Felinto, Rodrigo Scarcello, John García Rueda, Daniel Fígols Cuevas e Robert Scott Thompson. Mais informações no evento do facebook.

    Enquanto isso, a linda continua a todo vapor. Hoje, com textos dos nosso colunistas regulares, mensais e quinzenais. A Natália Keri continua seu exercício de conhecer os clássicos da Música Eletroacústica, hoje ouvindo aquela que é conhecida como “a primeira obra-prima da Música Eletrônica”: de Karlheinz Stockhausen, Gesang der Jünglinge.

    Bruno Fabbrini nos manda um olá de Cracóvia, na Polônia, por onde andou ouvindo pássaros. Já a Luisa Puterman fala da audição das borboletas. O Sérgio Abdalla e o Luis Felipe Labaki falam de elementos musicais ligados ao silêncio, pausas e fade outs, respectivamente, e o Tiago de Mello continua sua investigação sobre os espaços para a música experimental. Por fim, o Rodrigo Faustini discute o trabalho musical de James Ferraro.

    Uma vez mais, desejamos a todos uma agradabilíssima leitura!

     

    LUIS FELIPE LABAKI: Fade out

    LUISA PUTERMAN: ?

    BRUNO FABBRINI: resquícios de uma futura ruína

    RODRIGO FAUSTINI: Música Burra

    SÉRGIO ABDALLA: já começou

    TIAGO DE MELLO: Invenção: a sala para música nova de São Paulo

    NATÁLIA KERI: Circular

     

    linda!

    Full Screen Popup Powered By : XYZScripts.com