*11, 30 de junho

by

  • Heather Dea Jeannings

    Se na última edição da linda*, nossa série especial sobre a Música Experimental no Brasil, tivemos a apresentação da capital do Acre a partir de um grupo dirigido por um argentino, o Dámian Keller, hoje temos a norte-americana Heather Dea Jennings nos contando suas impressões sobre o experimental em Natal, a capital do Rio Grande do Norte.

    Passeando pelo ambiente acadêmico da UFRN, seus grupos de percussão e de improvisação, e chegando às bandas de rock da cidade, Heather nos dá um panorama bastante amplo e sincero do que ela chama de “momento embrionário” da Música Experimental Potiguar. Se muitas vezes nos deparamos com situações estanques e cenas que parecem ser assim “porque sempre foram“, nos é muito animador ver que as coisas podem mudar!

    E, embora estejamos quase completando o mapeamento sobre a Música de Invenção no Nordeste Brasileiro, vamos dar uma pausa nessa investigação na próxima edição, indo mais ao centro do país, rumo ao Mato Grosso do Sul de Jonas Feliz.

    Mas, por agora, e como sempre, desejamos uma agradabilíssima leitura!

     

    HEATHER DEA JENNINGS: Relato sobre a Música Experimental em Natal: impressões de uma recém-chegada
    Assim, enquanto a cena de música experimental em Natal parece estar em sua infância, há um grande entusiasmo neste momento embrionário, cheio de potencial, e é simplesmente maravilhoso e inspirador fazer parte deste momento aqui!

     

    Próximas edições:
    linda#15, com os colunistas regulares!
    linda*12, com Jonas Feliz e a música em Campo Grande

     

     

    linda!

    Full Screen Popup Powered By : XYZScripts.com